Monday, April 14, 2008

HISTÓRIAS DAS TERÇAS 18


Bolhinhas de sabão – Soap bubbles
(Variante 2)

Chovia muito e todos estavam molhados, pois a aula de campo tinha sido debaixo do maior toró. O ônibus os deixou debaixo das paineiras e foi só um pulo até a cantina e aí um bom café com leite, e pão passado com manteiga. O Biquara havia perdido o transporte, mas logo apontou lá no começo da estradinha; ele vinha num passinho miúdo, mas logo estava chegando. Sua pele era amarelada o que combinava com os cabelos louros, lisos e rebeldes. Ele sempre usava sabão Pavão, de barra mesmo, para assentar os cabelos rebeldes. A molecada viu que havia algo errado, pois o Biquara parecia estar flutuando. Quando ele chegou bem perto mesmo os colegas viram que, de sua cabeleira lisa saiam bolhinhas de sabão e estas pareciam fazê-lo flutuar suavemente, retardando seu passo.

1 comment:

Lira Dutra said...

Sabão Pavão? Essa vc foi buscar longe!