Wednesday, October 31, 2007

HISTORIETAS DO MEIO DA SEMANA 4



Férias em Capri

Pedro Lobo estava viajando com uma amiga havia tempo. Ele achava que estava acostumado com essa história de se hospedar em diversos hotéis com seus apartamentos minúsculos, banheiros infectos, camas duras, cafés frios, cada um com seu modelo adicional. Mas este hotel de Capri tipo bateu todos em estranheza. Já no segundo dia, ao terminarem o cafè, ele decide subir ao apartamento; apanha a chave do quarto, o 223 e toma o elevador. No corredor do 2° andar procura o apartamento e não o encontra. Desce e dá uma volta pela portaria e sobe novamente. Talvez ele tivesse, tipo assim, passado em frente ao apartamento e não houvesse visto o número. Quando chega ao corredor, novamente não encontra o apartamento. Ele resolve então subir um lance da escada e continuar a busca, mas novamente não acha o 223. Ele desce dois lances e também não o encontra. Como última tentativa Pedro desce até a portaria e pergunta a um boy e este lhe responde em um inglês meio estropiado:

- O hotel tem cinco elevadores que servem a diferentes apartamentos. O mister tem que tomar este aqui e apontou na direção do elevador.

Quando ele chega a frente ao apartamento sua amiga macedônica está chorando, desesperada, e até já tinha chamado a polícia.

Leia mais!

Sunday, October 28, 2007

HISTORIETAS DE SEGUNDA-FEIRA 48


Ella 4

Ele estava sentado em uma poltrona no corredor. Ao lado a poltrona da janela estava vazia. Quase todo mundo dormia, pois já fazia umas duas horas que haviam partido. Marco estava com o “Livro dos insultos”, de Mencken, lendo um ensaio sobre a imortalidade da alma quando sentiu alguém, que não vira anteriormente, na poltrona junto à janela. Ao virar-se para se certificar, ele viu que uma mulher jovem estava sentada e olhando para ele. Ella era o retrato de Nicole Kidman e sorria para ele. Marco perguntou à estranha que portava uma veste branca quase transparente:
- Está gostando da viagem? Nicole respondeu:
- Tenho que gostar, pois é minha profissão...
- E o que a senhora vai fazer em Manaus, posso saber? Daí eu sei sua profissão, disse ele todo entusiasmado.
- Não vou para Manaus...
- Como!? Se o vôo é direto!?
- É, mas nós vamos ficar por aqui mesmo...
Subitamente ele ouviu um tremendo estrondo e se viu caindo e rolando e despencando e dormindo. Marco viu então Nicole e lhe disse:
- Ih! Esqueci de desligar o lepitópe...

Leia mais!

Thursday, October 25, 2007

VISTAS DA GRANJA 16







Leia mais!

Leia mais!

O Povo da Malhadinha 24


O Cão

A esposa de Inaço, amigo e parente de Raimundo Vaz, mandou um cabôco, seu aparentado, saber se ele ia prá capital e, se quando voltasse podia trazer um vidro de Ortofosfato para ela. Raimundo mandou o moleque de volta com o recado:

- Diz prá tua patroa que eu vou pro inferno e se ela quiser um cão engaiolado eu trago prá ela.

Leia mais!

Tuesday, October 23, 2007

POST ESPECIAL - CAINDO NA BRINCADEIRA


Maurição,

sem dificuldade peguei sobre minha mesa o livro "A menina que roubava livros" de Markus Zusak e, na pag 161, a quinta frase é: "Essa foi a primeira vez que Hans escapou de mim."

Vou tentar passar para outros cinco blogueiros. Serve o Yuri Xavier Fraga?
Aí vai o que os amigos blogueiros (abaixo) devem fazer para continuar a brincadeira proposta pelo Mauriçao:
Os passos:
1. Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure);
2. Abrir na página 161;
3. Procurar a 5ª frase completa;
4. Postar essa frase em seu blog;
5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro;
6. Repassar para outros 5 blogs
Agenor Beviláqua, Lira Dutra, Daniele Sampaio, Yuri Xavier Fraga, Aventuras do Alvinho. Prosseguirão eles a brincadeira?

Leia mais!

HISTORIETAS DO MEIO DA SEMANA 3


Barcelona

Ao longo do caminho para o aeroporto elas comentavam, olhando para ele, que a cidade era muito grande. No avião, já voando de Barcelona para o Brasil, o mesmo grupo de senhoras maduras continua sua conversa sobre as férias. Ele aproxima-se para capturar mais algumas palavras. Põe uma mão nas costas, num gesto banal e, acidentalmente toca em uma das damas. Ao afastar-se, ela instintivamente, o segue à procura de um café...

- Não há café. Já passou da hora, diz a chefe das comissárias.

- Como nunca lhe encontrei em Fortaleza? Ele pergunta para a senhora que o seguiu.

- Cidade grande, diz ela, até bonitinha. Mas aqui é mais íntimo...

Leia mais!

Sunday, October 21, 2007

HISTORIETAS DE SEGUNDA-FEIRA 47


Gala, Placídia e Teodora

O calor era forte e ele logo dormiu. Lupo Pietro ia para Ravena com a família. Súbito sentiu uma pontada nas costas, virou-se e viu um sujeito mal encarado com uma grande lança. Ele estava com outros, todos vestidos com andrajos coloridos e armados com essas lanças enferrujadas, como um exército de Brancaleone. Eles os forçaram a descer do trem. Pietro procurou manter a família reunida: Gala, Placìdia e Teodora eram suas filhas.

Após uma viagem demorada todos são levados a um mercado coberto e são vendidos a um mascate que usava um enorme bigode louro.

Leia mais!

Saturday, October 20, 2007

Wednesday, October 17, 2007

HISTORIETAS DO MEIO DA SEMANA 2


Masolé

Seu Toim viu aquela estrutura descomunal iluminada pelas potentes luzes de mercúrio que, cruelmente, ofuscavam os raios da bela lua cheia. Ele aproximou-se e viu que aquilo era uma espécie de igreja. Para transpor o primeiro portão de acesso teve de se dirigir a um moço aí postado:

- Bô noite. Qué qui é isso?
- É um "masolé".
- O que?
- É o tumo do dotô Onóro! Disse o moço já enjoado.
Nova surpresa para Seu Toim:
- E ele já morreu?
- Não.
- E cuma é qui ele rai sabê se, depois de morto e bem morrido, quem ficá - e rai sê um montão de rente - vai enterrá ele mermo neche lugá?
- Ah! Meu siô eu num sei, não. Pode até sê que ele raí ficá por riba, feito um arubu, espiando a rente...

Leia mais!

Tuesday, October 16, 2007

O Povo da Malhadinha 23





Lacraia



Raimundo Maçambique deitou-se na rede branca depois do almoço, mas não dormiu logo, pois começou a se coçar e reclamar das pulgas que estavam lhe picando todinho. Rolou na rede por um bom pedaço até que as tais pulgas desapareceram e ele dormiu. Quando acordou, pediu uma cachaça e deu uma cuspida de lado. Foi aí que a Maria, a dos "oião", ao dobrar sua rede viu prá mais de dez lacraias esmagadas e grudadas no pano.


Leia mais!

Monday, October 15, 2007

HISTORIETAS DE SEGUNDA-FEIRA 46


O primo

A jovem sentada no banco do trem tinha ao lado sua mãe, e à frente seu irmão mais velho. Os dois tinham ido buscá-la na capital onde ela tinha ido a convite do primo Zezinho. Na viagem a mocinha se queixava de um enorme enjôo e de muitos incômodos. Sua mãe perguntava o que era aquilo e ela respondia:

Ah! Aqueles beijos falsos...

Leia mais!

Thursday, October 11, 2007

VISTAS DA GRANJA 14











A PONTE

Leia mais!

HISTORIETAS DO MEIO DA SEMANA 1


Felicidade

Ele se gabava de falar muito bem e sabia que seus discursos na pracinha, no tempo das festas da padroeira eram muito apreciados. Nessa noite ele estava discursando sobre a saúde do nosso querido povo quando soltou esta pérola:


- Quando uma pessoa vem para o hospital e morre na mão do Dr. Ramiro, mesmo que ele tenha cometido um erro, ela morre satisfeita, pois morreu pelas mãos do melhor cirurgião das nossas redondezas.

Leia mais!